Bezerra reúne deputados e planeja 5 para AL e 3 para Câmara

Bezerra reúne deputados e planeja 5 para AL e 3 para Câmara

O presidente do MDB de Mato Grosso, Carlos Bezerra, reuniu parte da cúpula do partido, na noite de segunda-feira (24), para discutir as eleições de 2022. O objetivo é eleger de cinco a seis deputados estaduais e no mínimo três federais.

Atualmente, o partido conta com três estaduais e dois federais.

Segundo a deputada Janaina Riva, que esteve no encontro, a intenção é manter a relevância da sigla no Estado e vencer as barreiras impostas pela nova legislação eleitoral, que impede os partidos de se coligarem para eleger parlamentares.

“O desafio do partido é manter o maior número de vagas, tanto na Assembleia, quanto na Câmara Federal. Superar as eleições municipais, quando o partido abocanhou praticamente 30% dos votos válidos do Estado”, disse.

“A meta é fazer as maiores bancadas e estamos com essa expectativa, de retirando as sobras [de votos] fazer ao menos cinco ou seis deputados estaduais e fazer, no mínimo, três deputados federais”, acrescentou.

Nesse encontro, não estiveram presentes os prefeitos do partido. De acordo com a deputada, uma reunião está marcada para julho deste ano, quando começará a desenhar outras disputas, como ter ou não um candidato ao Governo do Estado.

Nesse sentido, a sigla está dividida. Aliados do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro defendem que o MDB lancem um nome ao Palácio Paiaguás. O nome do gestor é cogitado.

Já a outra parte quer a manutenção do apoio ao governador Mauro Mendes (DEM), que deve tentar a reeleição. Nessa ala, a defesa é de que o partido apresente o nome do prefeito de Primavera do Leste, Leonardo Bortolini, para ser vice de Mendes.

“Vamos fazer uma reunião com os prefeitos e discutir as candidaturas majoritárias, como senado, vice, Governo. Alguns prefeitos têm a ideia de que o partido tem que lançar candidatura, outros de que tem que manter apoio à candidatura do governador. São várias as discussões internas que o MDB quer promover”, resumiu a deputada.


Autor: Mato Grosso em Destaque

Data: 25/05/2021

Top